Chloé é favorita no longboard: “Vou com tudo em busca de uma medalha”

A bandeira verde-amarela também tem ficado no lugar mais alto do pódio no circuito mundial do longboard nos últimos anos. O sucesso se deve a brazuca Chloe Calmon, de 24 anos, que já acumula dois vice-campeonatos mundiais e hoje é a atual número 1 da modalidade.

Ela chegou em Lima para a disputa dos Jogos Pan-Americanos com status de favorita à medalha. Ao lado de Wenderson Biludo, ela será a representante do país nas competições de longboard, a partir desta segunda (29) .

“Quando comecei a surfar, meu pai surfava de longboard, então ele foi meu maior incentivador. Me atraía a caminhada em cima da prancha, como se fosse um balé do surf. Além do desafio de controlar uma prancha tão grande”, afirmou.

A atual líder do Mundial também tem um ótimo retrospecto na Praia de Punta Rocas onde conquistou o título dos Jogos da Associação Pan-Americana de Surfe, resultado que garantiu a classificação para o Pan. 

“Espero continuar com essa boa fase aqui no Peru. Ano passado, no evento seletivo, conquistei o ouro na mesma praia em que acontecerão os Jogos. Então, tenho boas memórias daqui e vou com tudo em busca de um ótimo resultado. Ter conquistado a vaga foi uma vitória, mas agora que estou aqui vou com tudo em busca de uma medalha. Conquistar uma medalha seria muito maior do que uma conquista só minha, mas algo para a modalidade do longboard e para o Brasil”, finalizou.

Além de Chloé e Wenderson, outros quatro brasileiros vão estar em ação no Peru em outras modalidades do surfe: Karol Ribeiro e Robson Santos, na pranchinha; Luiz Diniz e Nicole Pacelli, no stand up paddle (SUP); e Vinnicius Martins e Lena Ribeiro, no SUP Race.

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões