Julian Wilson estreia com vitória no terceiro dia do Newcastle Surfest

Depois de alguns dias de ondas pequenas em Dixon Park, o Newcastle Surfest voltou para sua localização principal em Merewether com ondas de 3 a 4 pés durante o dia. Embora com muito vento foi realizado o segundo round do Holmes Civil Projects Pro no feminino e mais 15 baterias do round R2 do Burton Automotive Pro no masculino

Depois de brigar até o final pelo titulo do CT em 2018 com Gabriel Medina, o aussie Julian Wilson teve tempo para se recuperar durante a offseason e escolheu o Burton Automotive Pro como o evento para começar sua temporada. Na sua primeira bateria do ano, Julian fez uma apresentação segura e avançou para o round 3.

“Adoro competir. Além disso, no QS você pode obter condições complicadas que desafiam você e também é muito competitivo. Este é o maior evento que eu tenho para surfar em casa e me divertir. Eu não estou realmente acostumado ainda com o local, pois me mudei para cá recentemente”, disse ele.

Os brasileiros Thiago Camarão, Marco Fernandez e Wesley Santos venceram suas baterias e avançaram. Também se classificaram na segunda colocação Miguel Pupo, Caio Ibelli, Jadson Andre, Deivid Silva, Kristyan Kymerson. As baixas brazuca do terceiro dia foram Samuel Pupo, Marcos Correa, Ian Gouveia, Heitor Alves, Flavio Nakagima, Victor Bernardo, Bino Lopes e Yuri Gonçalves.

No feminino destaque para a jovem californiana Kirra Pinkerton que fez a maior somatória do round 2. No ano passado, ela conquistou seu primeiro título do WSL World Junior Championship em Taiwan e terminou em segundo lugar no Florida Pro QS3,000 em janeiro. Um grande resultado poderia colocá-la no caminho para classificação para o CT em 2019.

 

 

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões