Michel Bourez escapa de dois ataques de tubarão no Tahiti

O surfista taitiano Michel Bourez, integrante do circuito mundial de surfe, sofreu um grande susto na última quarta-feira. Enquanto fazia uma travessia de foilboard (espécie de prancha em que o atleta fica acima do nível da água) entre as ilhas de Mahina e Moorea, ele foi perseguido por um tubarão-martelo. Segundo o relato de Bourez, o animal tinha cerca de 3 a 4 metros e o perseguiu, mordendo sua prancha em duas oportunidades.

“Ele perseguiu meu foil e o mordeu, quebrando um pedaço. Então eu não pude continuar. Fiquei sentado na prancha e acenei para meus amigos que estavam em um barco para que viessem me resgatar. Depois de uns 2 ou 3 minutos, senti que algo estava errado e fiquei alerta caso o tubarão voltasse. E ele retornou. Coloquei o foil entre ele e eu para me proteger, e ele mordeu novamente a prancha, antes de ir embora”, relatou Bourez nas redes sociais.

O taitiano não ficou com medo do incidente, e decidiu terminar a travessia. Ele encarou o fato com bom humor:

“Sabemos o risco que corremos, mas o amor pelo esporte é muito forte. Toda vez que vou andar de foilboard eu vejo tubarões, então sei dos riscos. O oceano é deles e eu respeito isso. Sem mágoas, mas ele me deve uma prancha nova!”

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões