Brasileiros conquistam 13 pódios na terceira etapa do Semillero Olas Pro Tour 2024 no Peru

A quarta etapa continuará no Peru, na Praia Redondo Miraflores, entre 9 e 10 de fevereiro
A terceira etapa do Semillero Olas Pro Tour, realizada nas perfeitas ondas da Praia de San Bartolo entre os dias 2 e 3 de fevereiro, no Peru, foi marcada por boas performances dos novos atletas brasileiros que chegaram ao evento para competirem. Sob um sol radiante e ondas consistentes de meio metrão na série, os surfistas tupiniquins de categorias de base demonstraram um surf impressionante e conquistaram reconhecimento dos juízes do Olas Pro Tour.

Dos 13 novos atletas que entram nesta fase do evento, 10 representam o Estado de São Paulo. Raoni Rodrigues (SP), Izau Signorini (SP), Lucca Conte (SP), Caíque Azzi (SP), Leo Yagi (SP) e Bernardo Pires (SP) na equipe masculina, além de Levi Silva e Matheus Jhones ambos do Rio Grande do Norte, agora radicados em São Paulo. E representando as meninas paulistas estão Carol Bastides (SP), que em 2023 foi prata na Sub 12 e Maria Chuquer (SP). Além dos atletas paulistas, também competem no Olas Pro Tour 2024 Luara Mandelli (PR) e Lanay Thompson (RJ).

Em competições bem acirradas nas ondas peruanas, os brasileiros conquistaram 13 pódios, nove para São Paulo. Na Sub 16 Masculino, Levi Silva natural do Rio Grande do Norte e representando São Paulo e Kauã Carvalho (PR), conquistaram o segundo e o terceiro lugares respectivamente. Já Nathan Hereda (RJ) e Nikolas Oliveira (SP), foram desclassificados nas quartas de final.  

Na Sub 14 Masculino o potiguar Matheus Jhones, representando São Paulo, conquistou a terceira colocação no pódio. O carioca Cauã Diniz e os paulistas Leo Yagi e Nikolas Oliveira, este último, até o momento, vinha invicto nesta categoria, foram desclassificados nas quartas de final.  Os paulistas Raoni Rodrigues, Izau Signorini e Lucca Conte foram desclassificados na primeira fase.

A categoria Sub 12 promoveu uma final verde e amarelo e Matheus Jhones saiu campeão absoluto, deixando o paulista Izau Signorini com a segunda colocação, o baiano Bernardo Pires em terceiro lugar e o paulista Caique Azzi na quarta posição. Raoni Rodrigues, de São Paulo, que também estava na disputa, foi desclassificado nas semifinais.  

Na Sub 10, pódios para o catarinense Guilherme Goulart que finalizou na segunda posição e para Bernardo Pires que foi vice-campeão. 

E finalizando a participação masculina, na Sub 18 o carioca Nathan Hereda e Levi Silva saíram nas quartas de final e o paranaense Kauã Carvalho na primeira fase.  

As brasileiras também mostraram muito surf em San Bartolo. Na Sub 18 a paranaense Luara Mandelli finalizou com a segunda colocação, enquanto a carioca Sarah Ozório foi desclassificada na semifinal.  

Na Sub 14 a carioca Lanay Thompson terminou na terceira colocação, enquanto a paulista Carol Bastides não prosseguiu nas semifinais.  

Um destaque especial para a paulistinha Maria Chuquer. A jovem foi campeã na Sub 10 e finalizou na quarta colocação da Sub 12. Foi a melhor colocação de uma atleta brasileira nas disputas do Semillero Olas Pro Tour 2024.  

E finalizando a performance das meninas nesta terceira etapa. Na categoria Sub 16, Lanay Thompson (RJ) e Luara Mandelli (PR) saíram nas quartas de final, enquanto Sarah Ozório (RJ) desclassificada nas semifinais.  

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões