John John Florence e Tyler Wright são campeões em Pipeline

A 50ª edição do Pipe Masters ficou com os donos da casa. Gabriel Medina lutou até o fim neste domingo, mas quem levou o duelo entre bicampeões mundiais, por apenas 67 centésimos, foi John John Florence.

“Nem consigo acreditar. Estou na Lua agora, porque eu queria muito vencer esse evento”, disse John John Florence. “Esse é o meu primeiro Pipe Master e estou muito feliz pela vitória. Foi uma bateria difícil, mas eu acreditava que ia conseguir umas ondas no Backdoor que poderiam fazer a diferença. Estou feliz por ter ganhado do Gabriel (Medina). Sempre quando a gente compete, sai fogo, é selvagem. Vencer aqui é meu sonho desde criança. Já tinha perdido algumas finais e estou muito feliz agora, sem palavras para descrever o que sinto”

O havaiano conquistou seu primeiro título na competição mais importante do surfe mundial e assumiu a liderança do ranking na abertura da temporada 2021. Italo Ferreira perdeu nas semis para Medina e terminou em 3º. 

No encerramento do primeiro evento da elite feminina disputado em Pipe, Tatiana Weston-Webb parou nas semis contra a tetracampeã mundial Carissa Moore. A etapa, que começou na Ilha de Maui e foi transferida para Oahu após um ataque fatal de tubarão, teve como campeã a australiana Tyler Wright. Foi a primeira vez que a elite feminina do surfe competiu em Pipeline.

“Eu queria ter surfado uns tubos para vencer minha primeira bateria aqui em Pipeline, mas acho que estar sozinha no line-up, sem o crowd, só com mais uma menina, foi muito bom”, disse Tatiana Weston-Webb, que falou sobre enfrentar a tetracampeã mundial nas semifinais. “Sem dúvida, a Carissa (Moore) é a surfista mais difícil para encarar. Algumas pessoas até falaram que sou favorita nessas condições (risos). Obrigada por acreditar em mim, mas só quero mandar bem em Pipe e ser um orgulho para o surfe feminino”.

Sunset Open, nos dias 19 a 28 de janeiro no Havaí, será a segunda das dez etapas que irão definir os top-5 e as top-5 dos rankings que definem a classificação para decidir os títulos mundiais no WSL Finals, em um único dia de competição no período de 8 a 17 de setembro em Trestles, na Califórnia. 

RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA DO BILLABONG PIPE MASTERS:
Campeão: John John Florence (HAV) por 11,77 (6,17+5,60) – 10.000 pontos
Vice-campeão: Gabriel Medina (BRA) com 11,10 (6,67+4,43) – 7.800 pontos 

SEMIFINAIS – 3.o lugar com 6.085 pontos:
1.a: John John Florence (HAV) 18,16 x 0,00 Kelly Slater (EUA)
2.a: Gabriel Medina (BRA) 12,60 x 8,37 Italo Ferreira (BRA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com 4.745 pontos:
1.a: John John Florence (HAV) 17.67 x 10.17 Leonardo Fioravanti (ITA)
2.a: Kelly Slater (EUA) 6.23 x 1.90 Jordy Smith (AFR)
3.a: Italo Ferreira (BRA) 13.34 x 10.53 Jeremy Flores (FRA)
4.a: Gabriel Medina (BRA) 9.13 x 7.06 Kanoa Igarashi (JPN)

OITAVAS DE FINAL – 9.o lugar com 3.320 pontos:
———baterias que abriram o domingo:
4.a: Kelly Slater (EUA) 13.67 x 11.67 Jack Robinson (AUS)
5.a: Italo Ferreira (BRA) 13.00 x 5.27 Ryan Callinan (AUS)
6.a: Jeremy Flores (FRA) 8.80 x 4.83 Miguel Pupo (BRA)
7.a: Gabriel Medina (BRA) 11.56 x 6.67 Jack Freestone (AUS)
8.a: Kanoa Igarashi (JPN) 12.33 x 11.54 Jadson André (BRA)
———baterias que fecharam a quinta-feira:
1.a: Leonardo Fioravanti (ITA) 10.33 x 6.73 Peterson Crisanto (BRA)
2.a: John John Florence (HAV) 8.50 x 5.73 Matthew McGillivray (AFR)
3.a: Jordy Smith (AFR) 11.67 x 7.43 Caio Ibelli (BRA)

RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA DO MAUI PRO EM PIPELINE:
Campeã: Tyler Wright (AUS) por 8,34 pontos (notas 5,17 e 3,17) – 10.000 pontos
Vice-campeã: Carissa Moore (HAV) com 7,23 pontos (5,40+1,83) – 7.800 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar com 6.085 pontos:
1.a: Tyler Wright (AUS) 10.50 x 2.87 Sally Fitzgibbons (AUS)
2.a: Carissa Moore (HAV) 16.60 x 2.47 Tatiana Weston-Webb (BRA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com 4.745 pontos:
——–bateria que abriu o último dia em Pipeline:
4.a: Tatiana Weston-Webb (BRA) 8.60 x 6.30 Sage Erickson (EUA)
——–últimos resultados na ilha de Maui:
1.a: Tyler Wright (AUS) 18.33 x 12.40 Stephanie Gilmore (AUS)
2.a: Sally Fitzgibbons (AUS) 14.37 x 11.30 Lakey Peterson (EUA)
3.a: Carissa Moore (HAV) 15.04 x 11.27 Malia Manuel (HAV)

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões