Dia decisivo do CBSurf Júnior Tour em Ubatuba teve repeteco, viradas e mar grande

SOPHIA MEDINA E RYAN KAINALO VOLTARAM A GANHAR E CAIO COSTA TAMBÉM GARANTIU VITÓRIA

O segundo e último dia do Silverbay apresenta CBSurf Júnior Tour teve repeteco de vitórias, viradas emocionantes nos momentos decisivos e mar grande, com ondas de 1,5 metro nesta sexta-feira (20), na Praia de Itamambuca, em Ubatuba. Assim como no primeiro dia, os paulistas dominaram todas as vitórias, com Sophia Medina ganhando na sub18 (já tinha levado a sub16), Ryan Kainalo na sub (venceu a sub14) e Caio Costa sendo o melhor na sub18. 

Por equipes, São Paulo venceu com tranquilidade, mantendo os 100% de aproveitamento no Circuito Brasileiro de Base. No ranking, Sophia e Caio, ambos de São Sebastião, saíram de Ubatuba como líderes em duas categorias cada um, sub16 e sub18, dando passos importantes para as vagas para o ISA World Junior Championship. Sophia Gonçalves e Murilo Coura, mais dois talentos sebastianenses também pegaram estrada como os primeiros da classificação na sub14. Curiosamente, os seis moram e treinam na Praia de Maresias.

Na primeira final do dia, a masculina sub16, Léo Casal dominou praticamente toda a bateria, com notas 7 e 7,15. Ryan garantiu um 7,10 e na última onda conseguiu a virada, com 7,75, garantindo a vantagem de menos de um ponto. O resultado foi anunciado só quando o atleta já estava na areia, depois de criteriosa análise dos juízes. 

“Essa semana está sendo muito boa. Treinei muito durante a quarentena, para quando voltasse, eu estar preparado. Consegui virar no último minuto e fiquei feliz de ser em casa. Vou treinar mais para ir para a última etapa. Não tenho chance de título, por não ter participado da primeira, mas vou tentar outro bom resultado para ficar bem no ranking”, falou Ryan, que na mesma Itamambuca levou a sub14 e antes, no Hang Loose Surf Attack, comemorou o seu sétimo título paulista, com o bicampeonato na sub16. 

Na disputa feminina, a atual bicampeã brasileira sub18, a carioca Júlia Duarte começou muito bem, com um 8,25, mas não teve uma boa nota de backup. Sophia Medina, que também disputava a liderança do ranking, virou o resultado na última onda, com um 5,90, superando a atleta do RJ, por só 2 décimos. Ainda na bateria, destaque para Nairê Marquez e Sophia Gonçalves, que disputaram a terceira final em três realizadas na etapa. 

“Eu nem sei descrever o que estou sentindo. É a primeira vez que eu consigo ganhar duas categorias no Nacional, um campeonato onde estão as melhores do País. Para mim, foi o mais importante que já ganhei até agora e estou muito feliz. Ainda nem caiu a ficha que eu ganhei tudo isso, mas é resultado de muito trabalho, esforço e dedicação”, falou Sophia, destacando a perseverança de conseguir a virada. “Aprendi isso com o meu pai, tenho o exemplo do meu irmão, de nunca desistir, e mantive a calma”, disse a irmã caçula de Gabriel Medina. 

Na última decisão do evento, a masculina sub18, Caio Costa manteve a ponta desde o começo. O também paulista Diego Aguiar, mesmo com a maior nota da bateria, não conseguiu assumir a ponta, ficando em segundo. O paranaense Lucas Catapam foi o terceiro e Kaian Medeiros, do Rio Grande do Norte, o quarto. Com o resultado, Caio passou a liderar também a categoria acima e segue para a última etapa podendo fazer dobradinha.

“Estou muito contente em vencer na categoria acima da minha. Na sub16 acabei perdendo na semifinal, mas mantive a cabeça erguida e foi para a sub18 focado. Eu consegui manter meus treinamentos na pandemia com o meu técnico, Alex Leco, e por isso que vim bem preparado”, destacou. 

 O presidente da Federação Paulista de Surf, Silvio da Silva, o Silvério, comemorou duplamente o final da etapa, pelo sucesso da semana de surf em Itamambuca, que também teve o Hang Loose Surf Attack, nos três primeiros dias, e pela nova vitória de SP no Brasileiro, que busca o 13º título no Circuito. “Vencemos as duas etapas, Itacaré e agora aqui de forma maravilhosa. Ficamos felizes em ver esses resultados tão positivos”, destacou.

A terceira e última etapa do CBSurf Júnior Tour 2020 está marcada para dezembro, no Rio Grande do Norte. Agora, as atenções ficam voltadas para a segunda etapa do CBSurf Pro Tour, o Circuito Brasileiro de Surf Profissional, de 25 a 27 deste mês, na Praia da Taíba, em São Gonçalo do Amarante, no Ceará. 

O Silverbay apresenta CBSurf Júnior Tour 2020 teve os patrocínios de The Surf Club SCCP, Pró-Ilha, Pena, Surfland Clube e Resort e Neokai Wetsuits. Apoio: ST Blanks, Departamento de Esportes Radicais do Corinthians, Coltex, Teccel. Colaboração da Prefeitura de Ubatuba, através da Secretaria Municipal de Esportes. Realização: Federação Paulista de Surf, Associação Ubatuba de Surf (AUS) e Confederação Brasileira de Surf. Divulgação: Almasurf.

RESULTADOS OFICIAIS – 20/11/2020

CATEGORIA MASCULINA SUB18

1 Caio Costa – SP

2 Diego Aguiar – SP

3 Lucas Catapam – PR

4 Kaian Medeiros – RN
LÍDER DO RANKING – Caio Costa – SP

CATEGORIA FEMININA SUB16

1 Sophia Medina – SP

2 Júlia Duarte – RJ

3 Nairê Marquez – SP

4 Sophia Gonçalves – SP

LÍDER DO RANKING – Sophia Medina – SP

CATEGORIA MASCULINA SUB16

1 Ryan Kainalo – SP

2 Léo Casal – SC

3 Heitor Mueller – SC

4 Yuri Barros – PB

LÍDER DO RANKING – Caio Costa – SP

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões