Kolohe Andino é punido e dá adeus ao Quiksilver Pro France

Uma interferência na última onda, depois da sirene, tirou o californiano Kolohe Andino do Quiksilver Pro France. Ele liderava o duelo com o conterrâneo Patrick Gudauskas, que precisava de 5.51 para virar o placar. Nos últimos segundos, uma direita apareceu e Pat Gudaskas apostou na onda. Kolohe tinha a prioridade e dropou logo depois para impedir qualquer chance de virada, mas a sirene havia acabado de tocar e os juízes aplicaram interferência no atleta.

Confiram a onda da interferência:

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões