Oi Rio Pro é adiado para o sábado no Postinho da Barra da Tijuca

A continuação do Oi Rio Pro apresentado por Corona foi adiada na quinta-feira por causa das ondas pequenas na Praia de Grumari. A decisão só foi anunciada na terceira chamada do dia, as 10h30, depois da comissão técnica aguardar para ver se a mudança da maré iria melhorar as ondas, o que não aconteceu. Também já foi confirmado que não haverá competição na sexta-feira pelas previsões do mar e a próxima chamada foi marcada para as 6h30 do sábado na arena do Postinho da Barra da Tijuca e não em Grumari, como nos primeiros dias da etapa brasileira do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour.

Dois atletas que precisam passar suas próximas baterias falaram sobre a decisão da comissão técnica do Oi Rio Pro apresentado por Corona. A tricampeã mundial Carissa Moore perdeu o confronto que fechou a quarta-feira para a hexacampeã Stephanie Gilmore e vai disputar a última vaga para as quartas de final com a também australiana Bronte Macaulay, fechando a rodada que pode abrir o próximo dia.

“Eu, na verdade, estou meio dividida”, disse Carissa Moore. “Se o campeonato fosse rolar, tudo bem, porque achei que tinha algumas oportunidades nestas ondas que estão rolando hoje (quinta-feira). Mas, se tivermos melhores condições nos próximos dias, é bom esperar também. Então vou cair no mar agora para pegar umas ondinhas e depois vou para o hotel relaxar”.

O australiano Matt Wilkinson, que defende a liderança no ranking da World Surf League no Oi Rio Pro, também ficou em dúvida sobre o adiamento na quinta-feira: “É, eu não sei direito. Tem umas ondas divertidas, mas estão pequenas e a previsão mostra que vai aumentar nos próximos dias. Está complicado, mas acho que não vai ter nenhum dia com ondas muito boas. É muito difícil ter que tomar essa decisão e fico feliz não ser minha responsabilidade (risos)”.

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões