Sophia Medina é o destaque na etapa inicial do Hang Loose Surf Attack

O terceiro dia da competição foi disputado sob muito sol e em ondas pequenas, de meio metro, depois de boas condições, sobretudo no primeiro dia.condições permitiriam que as disputas fossem realizadas. Com cinco das seis vitórias em disputa, São Sebastião fez a festa “em casa” na etapa inicial do Hang Loose Surf Attack, o principal circuito de base do País, neste domingo (30), na Praia de Maresias, em São Sebastião.

Depois das conquistas de Caio Costa, na júnior (sub18), e Gabriel Dias, na mirim (sub16), a cidade sede do evento comemorou os primeiros lugares de Sophia Medina, na feminina (sub16), Sunny Pires, na iniciante (sub14) e Murillo Coura, na estreante (sub12). 

No feminino, Sophia voltou a repetir total domínio, sem ser ameaçada e, mesmo liderando com folga, completou sua apresentação com um 8,5 para não deixar dúvidas, com 15,25 pontos.  Das cinco etapas realizadas até hoje com a feminina, Sophia venceu quatro e foi segunda em outra, seguindo muito bem os passos do irmão mais velho, Gabriel Medina.

“Ganhar em casa é muito bom, é onde eu treino todos os dias. A minha prancha estava encaixada no mar e foi uma experiência muito boa e tenho certeza de que o meu esforço valeu a pena”, falou Sophia. 

Só entre os caçulas, na petit (sub10), o lugar mais alto do pódio foi para outra cidade, com Kailani Rennó, de Ubatuba.

Na classificação por cidades, os donos da casa somaram 7.285 pontos e só não tiveram atletas justamente na petit, mas abriram caminho para repetir a conquista de 2018. Ubatuba, principal rival nos últimos anos, ficou em segundo, com 4.764 pontos, enquanto que Guarujá marcou 3.207. Santos fez bonito, terminando em quarto lugar, com 2.958 pontos.


Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões