Mudanças no G-10 do QS

Um confronto de gerações com dois jovens brasileiros e um australiano fechou o Hawaiian Pro com uma final de alto nível nas boas ondas de 4 a 6 pés do sábado em Haleiwa Beach. O experiente Joel Parkinson, 37 anos, e o catarinense Mateus Herdy, de 17 apenas, protagonizaram a disputa do título e o australiano fez uma bateria impecável para ganhar o primeiro evento da Tríplice Coroa Havaiana.

Já a grande surpresa do evento, Herdy conseguiu o segundo lugar que precisava para entrar na lista dos dez que se classificam para a elite dos Top 34 da World Surf League. E o paulista Deivid Silva ficou em quarto na final, mas já havia festejado a conquista da vaga no CT 2019 nas semifinais. O surfista do Guarujá foi a segunda novidade do Brasil a garantir vaga no Hawaiian Pro. O primeiro tinha sido o paranaense Peterson Crisanto, que voltou a ocupar a quinta posição no ranking como chegou no Havaí, pois Deivid Silva subiu do sexto para o quarto lugar onde ele estava.

G-10 do WSL Qualifying Series depois de 63 etapas em 23 países

1. Kanoa Igarashi (JAP) – 24.750 pontos é top-22 do CT
2. Seth Moniz (HAV) – 22.200 confirmado no CT 2019
3. Ryan Callinan (AUS) – 20.460 confirmado no CT 2019
4. Deivid Silva (BRA) – 19.860 confirmado no CT 2019
5. Peterson Crisanto (BRA) – 19.350 confirmado no CT 2019
6.o: Griffin Colapinto (EUA) – 19.050 é top-22 do CT
7. Ricardo Christie (NZL) – 17.700
8. Leonardo Fioravanti (ITA) – 16.600
9. Jadson André (BRA) – 14.160
10: Ethan Ewing (AUS) – 14.030
11. Jorgann Couzinet (FRA) – 13.660
12. Mateus Herdy (BRA) – 12.960

Próximos brasileiros até 50:

13. Jessé Mendes (BRA) – 12.850 pontos
15. Alejo Muniz (BRA) – 12.710
19. Miguel Pupo (BRA) – 11.880
24. Yago Dora (BRA) – 10.900 é top-22 do CT
25: Bino Lopes (BRA) – 10.710
29. Alex Ribeiro (BRA) – 9.350
30. Michael Rodrigues (BRA) – 9.340 é top-22 do CT
31. Thiago Camarão (BRA) – 9.190
36. Italo Ferreira (BRA) – 8.100 é top-22 do CT
37. Weslley Dantas (BRA) – 8.085

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões