Tainá Hinckel sofre lesão

A catarinense Tainá Hinckel sofreu um grande e doloroso susto no fim da última semana, em Snapper Rocks, Austrália, quando se preparava para as etapas de Newcastle e Manly do QS. Um acidente quase a tirou das competições e poderia ter provocado coisa pior se não fosse o rápido atendimento médico recebido.

Tainá acabou sendo atingida pelo bico da prancha em alta velocidade em suas partes íntimas após ter sido interceptada ao entrar em uma onda e desviar de outro surfista que remava em sua frente. A jovem perdeu muito sangue e sentiu muita dor, por conta de a região ser uma das partes mais sensíveis do corpo. No entanto, após uma cirurgia e um número de pontos internos e externos segue confirmada para as duas etapas australianas.

“Peguei uma onda em que um cara me rabeou, outro ficou exatamente na minha frente, não tinha muito pra onde ir… Para não machucar o cara que estava dando joelhinho ali na frente, me joguei da prancha para a água, quando estava lá embaixo, senti uma prancha – tenho quase 100% certeza de que foi o bico – batendo bem no meio das minhas pernas. Sangrou muito, até porque é uma das partes mais sensíveis do nosso corpo! Quando aconteceu eu senti muita dor, mas logo fui atendida pela ambulância e por um grupo de médicos muito bons no hospital. Tive que tomar três morfinas e mais alguns remédios de dores para aliviar a dor terrível! O primeiro dia foi o que mais senti desconfortável, mas agora já estou me sentindo bem melhor. Tive que fazer uma cirurgia, e tomei três pontos internos e quatro pontos externos”, conta Tainá.

Mesmo lutando contra a dor, Tainá decidiu competir nas etapas da Austrália após o convite para o evento.

“Antes de eu ser confirmada no evento principal do QS 6000 em Newcastle, estava pensando em ir logo pra casa o quanto antes, porque não poderia competir no domingo na triagem! Mas, quando fui confirmada no evento principal, mudei os planos, vou surfar apenas na bateria, dar o meu melhor, não importa o resultado, vai me ajudar muito no ranking! Já Manly, fui confirmada também, e até lá já devo estar curada. Depois disso, volto para o Brasil, fico dois dias, e vou pro Peru. E não para por aí, tenho mais eventos pela frente”, finalizou.

 

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões