Ondas não melhoram e finais do J-Bay Open devem ser no sábado

A WSL bem que esperou, mas não foi dessa vez que foram disputadas as finais da etapa de Jeffreys Bay, sexta parada do Circuito Mundial de Surfe. A previsão era de que as ondas melhorassem ao longo da tarde na praia sulafricana. A organização da competição esperou até as 13h locais, 8h no horário de Brasília, mas as condições do mar não evoluíram o suficiente para botar na água as baterias restantes das quartas de final. Com isso, foi decretado mais um “lay day”. É o quinto dia sem competições consecutivo.

– Infelizmente não há ondas o suficiente neste momento para colocarmos as quartas de final na água. Há algumas, o que é um sinal positivo para amanhã, mas não o suficiente para hoje. Estamos otimistas por um amanhã de manhã muito melhor, com as ondas na na costa. Nosso plano é finalizar o evento amanhã – disse o comissário da WSL, Kieren Perrow.

Uma nova chamada será realizada neste sábado, às 2h30 (de Brasília), penúltimo dia da janela, que se encerra no domingo. A expectativa é que, enfim, as ondas permitam a finalização do campeonato. Restam apenas seis baterias a serem realizadas: as três restantes das quartas, duas das semifinais e a final.

 QUARTAS DE FINAL:

1: John John Florence (HAV) 10.70 x Jordy Smith (AFS) 10.50
2: Kelly Slater (EUA) x Josh Kerr (AUS)
3: Julian Wilson (AUS) x Gabriel Medina (BRA)
4: Mick Fanning (AUS) x Filipe Toledo (BRA)

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões