Murilo Coura é o campeão sub14 e Anuar Chiah leva a sub12 no Hang Loose Surf Attack

Mais três campeões foram definidos no The Surf Clube SCCP apresenta Hang Loose Surf Attack nesta terça-feira (17) na Praia de Itamambuca, em Ubatuba. Murilo Coura, de São Sebastião, garantiu seu segundo título seguido, agora na categoria iniciante (sub14) e barrou a sequência de conquistas de Ryan Kainalo, de Ubatuba, numa final acirrada e emocionante. 

Na estreante (sub12) o paranaense Anuar Chiah foi o melhor (pela terceira vez na competição) e, então, o ubatubense Kailani Rennó, segundo colocado na disputa, foi declarado o campeão paulista. O tradicional campeonato de base já tinha definido os títulos de Sophia Medina como bicampeã feminina e Vini Palma na petit (sub10) e tem suas últimas decisões nesta quarta-feira (18), na mirim (até 16 anos) e júnior (no máximo 18 anos), tudo com transmissão ao vivo pela internet.

Nas finais desta terça-feira, Anuar, com um back side afiado, seguiu competindo muito bem. Ele já tinha a maior nota do evento, feita na segunda-feira, um 9,25. Ele enfrentou três ubatubenses e manteve a superioridade, ficando a disputa pelo segundo lugar e pelo título estadual, entre Kailani Rennó e Eduardo Mulford. 

Kailani levou a melhor para ser campeão paulista pela terceira vez, curiosamente, as três vezes com Anuar sendo o número 1 do ranking geral. “Estou muito feliz de ter vencido aqui, gosto muito dessa praia. O Hang Loose é um campeonato muito bom e é importante para ter visibilidade. São 11 horas de viagem, mas sempre venho”, disse Anuar, que é de Matinhos, já faturou duas vezes a petit e também comemorou a volta das competições e por rever os amigos. “Ficar sem poder viajar foi muito ruim, mas o Paulista voltou e foi muito legal”.

Kailani também vibrou com o resultado, em ser o melhor do Estado mais uma vez – duas na petit e agora na estreante. “Só tenho a agradecer. Peguei várias ondas boas no campeonato. Na final consegui achar umas ondas boas”, falou o atleta, que quer se especializar em tubos e, para isso, vem treinando muito, sobretudo na Praia do Félix. “Estou aprendendo e quero ser o maior tube rider que já existiu”, afirmou o surfista, que tem como grande incentivador o experiente big rider Zecão, seu pai. 

Na final da iniciante, mais uma vez a disputa entre Murilo e Ryan. Os dois já se enfrentaram várias. No ano passado o surfista de Ubatuba levou na sub14 e na sub16 e tentava agora garantir o seu terceiro bicampeonato (foi na petit e na estreante). Já Murilo sagrou-se campeão na sub12 em 2019.  

Desta vez, os dois se alternaram na frente, mas o novo campeão teve as duas melhores notas, um 7,00 e fechou com um 7,10, com um aéreo, virando na última onda. “A bateria foi muito emocionante. O Ryan é um competidor muito bom e vencer com um aéreo, manobra que estou tentando desde o início da quarentena botar no pé, foi muito legal. Estou muito feliz, fazia tempo que não sentia o gosto da vitória”, comemorou. 

Nesta quarta-feira, o evento recomeça às 8 horas, agora com a sub16 e sub18. Toodas as baterias têm transmissão ao vivo pela internet, no link http://www.fpsurf.com.br/eventos/20/hla/hla01/aovivo3.php.

RESULTADOS OFICIAIS DO DIA 17/11

CATEGORIA SUB12

1 Anuar Chiah – PR

2 Kailani Rennó – Ubatuba – campeão paulista

3 Eduardo Mulford – Ubatuba

4 Pedro Henrique – Ubatuba

5 Kalani Robles – Ubatuba

5 João Vitor – São Sebastião 

7 John Muller – Guarujá

7 Levi Silva – RN

CATEGORIA SUB14

1 Murilo Coura – São Sebastião – campeão paulista

2 Ryan Kainalo – Ubatuba

3 Guilherme Fernandes – Ubatuba

4 Lukas Camargo – PR

5 Matheus Neves – São Sebastião

5 Daniel Duarte – Bertioga

7 Ryan Coelho – PR

7 Pedro Henrique – Ubatuba

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões