Brasil está fora da briga pelos títulos do primeiro WSL Challenger Series de 2022 na Austrália

  • Tatiana Weston-Webb foi barrada na primeira bateria da terça-feira
  • Quatro brasileiros perderam a disputa por vagas nas oitavas de final
  • Boost Mobile Pro Gold Coast deve terminar na noite desta terça-feira
  • WSL anuncia wildcards para Gabriel Medina e Yago Dora no CT 2023 

O Brasil saiu da briga pelos títulos do primeiro World Surf League (WSL) Challenger Series de 2022 na Austrália. Tatiana Weston-Webb foi barrada na primeira bateria da terça-feira em Snapper Rocks.

Depois, Jadson AndréAlex RibeiroMichael Rodrigues e Lucas Silveira, também foram eliminados na disputa pelas vagas para as oitavas de final do Boost Mobile Gold Coast Pro apresentado pela Rip Curl.

Com a previsão de ventos desfavoráveis para os próximos dias, o evento deve terminar nesta quarta-feira na Austrália, noite de terça-feira no Brasil, ao vivo pelo WorldSurfLeague.com.

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões