Rip Curl WSL Finals retorna para Lower Trestles em 2022

  • Billabong Pro Pipeline abre a temporada e todas as etapas serão disputadas por homens e mulheres
  • Oi Rio Pro apresentado pela Corona em Saquarema volta ao calendário
  • El Salvador é a grande novidade do WSL Championship Tour de 2022

A World Surf League (WSL) anuncia hoje a praia que vai sediar o Rip Curl WSL Finals esse ano e o calendário atualizado do Championship Tour (CT) de 2022. Como parte do contrato de três anos com a Rip Curl, a segunda edição da decisão dos títulos mundiais no Rip Curl WSL Finals, também será realizada em Lower Trestles, San Clemente, Califórnia, como em 2021. A competição acontece em um único dia, dentro do período de 8 a 16 de setembro, uma época ideal de boas condições para as ondas de alta performance de Lower Trestles.

A temporada 2022 do World Surf League Championship Tour terá dez etapas e a do Brasil será a oitava. O Oi Rio Pro apresentado pela Corona retorna ao calendário depois de 2 anos, na data de 23 a 30 de junho em Saquarema, já na reta final para definir os top-5 e as top-5 do ranking, que vão decidir os títulos mundiais de 2022 em San Clemente.

“A edição inaugural do Rip Curl WSL Finals foi um grande sucesso”, disse o CEO da WSL, Erik Logan. “Ver os 5 melhores do ano se enfrentando em ondas incríveis e os títulos mundiais feminino e masculino sendo decididos no mesmo dia, na água, pela primeira vez, foi muito especial. Esse novo formato cativou nosso público e impulsionou o esporte como nunca visto antes. Foi o dia com a maior audiência digital da história das transmissões ao vivo da WSL. Então, estamos todos empolgados em retornar para Lower Trestles nesta temporada”.

A Rip Curl prossegue com seu compromisso de apoio ao surfe profissional, através do contrato de três anos para a realização do Rip Curl WSL Finals, com sua segunda edição sendo anunciada para o mesmo palco da estreia do evento em 2021.

“Estamos extremamente felizes com a confirmação do Rip Curl WSL Finals por mais um ano em Lower Trestles”, disse Brooke Farris, CEO da Rip Curl. “É uma onda de alta performance e com qualidade internacional, um cenário perfeito para os melhores surfistas do mundo ultrapassarem os limites dentro d´água. A nossa marca nasceu em Bells Beach, na Austrália, mas a Rip Curl tem um legado incrível em Trestles, que é o coração do surfe na Califórnia. Estamos muito animados em continuar construindo a história da Rip Curl nessa parceria com a WSL, para coroar os campeões mundiais absolutos do nosso esporte”.

Novo formato do CT terá todas as etapas combinadas para homens e mulheres competirem

Pela primeira vez na história, todas as etapas do World Surf League Championship Tour formarão um calendário único para as categorias masculina e feminina, mantendo-se a igualdade na premiação para homens e mulheres. O novo formato do CT também apresentará um corte de participantes no meio da temporada, antes de definir os classificados para o Rip Curl WSL Finals em Lower Trestles.

A temporada regular do WSL CT de 2022 terá 10 eventos passando por sete países, começando em janeiro com a realização da primeira etapa 100% masculina e feminina nas lendárias ondas do maior palco do esporte, Banzai Pipeline, no Havaí. Outra atração é o retorno de G-Land, na Indonésia, após 24 anos para os homens e onde as mulheres competirão pela primeira vez. 

Já a grande novidade é a estreia de El Salvador no WSL Championship Tour e os/as melhores surfistas do mundo também voltarão ao Brasil após 2 anos, para disputar o Oi Rio Pro apresentado pela Corona em Saquarema. A temporada regular vai até agosto, quando no Taiti serão definidos os top-5 e as top-5 que participarão da segunda edição do Rip Curl WSL Finals em setembro.

Calendário do WSL Championship Tour 2022: 

1.a etapa: Jan 29-10 Fev: Billabong Pro Pipeline no Havaí
2.a: Fev 11-23: Hurley Pro Sunset Beach apresentado por Shiseido no Havaí
3.a: Mar 03-13: MEO Pro Portugal em Supertubos, Peniche, Portugal
4.a: Abr 10-20: Rip Curl Pro Bells Beach em Victoria, Austrália 
5.a: Abr 24-04 Mai: Margaret River Pro em Main Beach, Western Australia

Corte do meio da temporada: Redução de 36 para 24 participantes na categoria masculina e de 18 para 12 feminina:

6.a: Mai 28-06 Jun: Quiksilver / ROXY Pro G-Land na Indonésia 
7.a: Jun 12-20: Surf City El Salvador Pro apresentado pela Corona
8.a: Jun 23-30: Oi Rio Pro apresentado pela Corona em Saquarema, Brasil
9.a: Jul 12-21: Corona Open J-Bay em Jeffreys Bay, África do Sul
10.a: Ago 11-21: Tahiti Pro em Teahupo´o, Taiti

Os top-5 do masculino e as top-5 do feminino disputam os títulos mundiais:

Set 08-16: Rip Curl WSL Finals em Lower Trestles, Califórnia, Estados Unidos

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões