Paúba Super Tubos oferece show de surfe na sua 4ª edição

Uma onda sinistra que quebra junto a uma bancada rasa. Conheça os destaques da competição que contou com tubos nota 10!!!

A 4ª edição do Paúba Super Tubos rolou dia 31.07.2021. E foi um sucesso de público e com grandes tubos! As ondas chegaram com tudo e os 60 atletas participantes mostraram atitude de sobra! Botando a multidão de pessoas que foram prestigiar o campeonato para vibrar da areia.

Na categoria open masculino, quem levou o título de campeão foi o atleta Igor Moraes, fazendo uma grande final com Phil Rajzman, Marcio Grillo e Murilo Coura seguindo as colocações no pódio respectivamente. O atleta Marcio Grillo foi o único a realizar dois tubos nota 10 na competição, levando o prêmio de Melhor Tubo.

Já na categoria bodyboard, foi a vez do Bruno Rocha subir ao pódio duas vezes, levou o título de campeão e também o melhor tubo da categoria. Os atletas Valdomiro Mirinho, Ronald Lima e Badu completaram o pódio.

As estreantes categorias bodysurf masculino e Femininas agitaram a galera e chegaram pra ficar. O título da bodysurf masculino ficou com o atleta Yuri Pecene, que também levou o melhor tubo da categoria, em uma final emocionante com Diego Pintinho, Phil Rajman e Rogério Caju.

No feminino, rolaram duas finais: Open e bodyboard. A mulherada botou pra dentro e encarou a Paúba! Quem levou o título da open foi Isabela Saldanha, disputando com Julia Duarte, Yasmin Neves e Briguitte Linn. Na bodyboard, o título foi para a atleta Paola Simão, que completou o pódio com Mayara Lopes, Gabriela Scarabuci e Ana Clara Cintra respectivamente. Já o melhor tubo da mulherada ficou com Yasmin Neves.

Na expression session quem mandou a melhor manobra foi o atleta Caio Costa, fazendo a areia vibrar com um aéreo!

Além da presença especial de alguns convidados que prestigiaram a competição, como Gabriel Medina, direto das olimpíadas de Tóquio para sua onda favorita, apresentando um freesurf de respeito, pouco antes do início às 7h00. O evento também contou com João Chumbinho, Samuel Pupo, Pedro Dib, João Pedro Costa e Heitor Duarte na bateria não competitiva premium!

Outra modalidade que fez sucesso, foram as pranchas de equilíbrio (balance board) da Moosse, utilizadas no treinamento para o surfe. Trouxeram muita vibração e torcida nas manobras realizadas pelo atleta @balancedudi. Além de incentivar a nova geração da areia.

Essa edição, que foi dedicada ao atleta Pedro Tanaka, contou com a presença de toda a família Tanaka, que recebeu uma homenagem da organização do campeonato e ofereceu um rango caiçara para todos os atletas e staff, ao estilo Pedro, todos bem servidos e uma vibe incrível na areia.

Cobertura oficial de fotos: @guilhermegonsalez_surf representando o @surfmappers

A 5ª edição tem previsão para o 2° semestre de 2022.

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões