Próxima etapa: Rip Curl Rottnest Search

O oeste da Austrália segue como centro das atenções no Championship Tour 2021 da World Surf League (WSL). A próxima etapa na ilha de Rottnest. O Rip Curl Rottnest Search acontece entre os próximos dias 16 e 26, e as ondas de Strickland Bay e Stark Bay são as opções para a quinta etapa do Circuito Mundial.

  • Strickland: oferece ondas para os dois lados, é bem consistente e quebra sobre uma bancada de coral que funciona melhor com swell de sul ou sudoeste e ventos do quadrante nordeste. As pedras afiadas e a presença de muitos tubarões na costa são alguns dos grandes desafios.
  • Stark Bay: uma esquerda que quebra sobre uma rasa bancada de coral e funciona melhor com swell de oeste-sudoeste e ventos dos quadrantes sudeste-leste. Assim como Strickland, costuma atrair muitos tubarões.

Situada a apenas 19 quilômetros de Perth, a ilha conta com 63 praias e é um paraíso marinho, com mais de 135 espécies de peixes tropicais e 25 espécies de coral. O ciclismo é a melhor maneira de se locomover. Há ainda serviço de ônibus ao redor da ilha, com paradas em algumas praias mais isoladas e picos de surf.

É possível chegar à ilha via ferry boat, hidroavião, taxi aéreo ou helicóptero.

Confrontos definidos

As baterias da primeira fase já foram divulgadas pela Liga. A grande novidade é a presença do ex-Top Taj Burrow.

Taj está aposentado das competições, mas aceitou ser um dos wildcards. Também foram convidados os australianos Liam O´Brien, Stuart Kennedy, Jacob Wilcox e Kael Walsh, vencedor da triagem.

As ausências são o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater, o californiano Kolohe Andino, o australiano Adrian Buchan e o bicampeão do mundo John John Florence, que abandonou a etapa em Margaret River depois de sentir muitas dores no joelho em sua bateria nas oitavas de final.

Round 1 do Rip Curl Rottnest Search

1 Griffin Colapinto (EUA), Owen Wright (AUS) e Mikey Wright (AUS)
2 Kanoa Igarashi (JAP), Jack Robinson (AUS) e Jacob Wilcox (AUS)
3 Jordy Smith (AFR), Wade Carmichael (AUS) e Stuart Kennedy (AUS)
4 Filipe Toledo (BRA), Ethan Ewing (AUS) e Liam O´Brien (AUS)
5 Italo Ferreira (BRA), Adriano de Souza (BRA) e Taj Burrow (AUS)
6 Gabriel Medina (BRA), Jack Freestone (AUS) e Kael Walsh (AUS)
7 Ryan Callinan (AUS), Matthew McGillivray (AFR) e Connor O´Leary (AUS)
8 Conner Coffin (EUA), Peterson Crisanto (BRA) e Alex Ribeiro (BRA)
9 Frederico Morais (POR), Jadson André (BRA) e Leonardo Fioravanti (ITA)
10 Jeremy Flores (FRA), Seth Moniz (HAV) e Miguel Pupo (BRA)
11 Caio Ibelli (BRA), Yago Dora (BRA) e Michel Bourez (FRA)
12 Morgan Cibilic (AUS), Julian Wilson (AUS) e Deivid Silva (BRA)

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões