Resumo da Live: Ivan Martinho presidente da WSL Latin America

O brasileiro Ivan Martinho foi nomeado no ano passado como o presidente da World Surf League (WSL) para a América Latina. Nesta quarta-feira conversamos com ele e confira um resumo do que rolou no bate-papo!!!

Neste período de recolhimento que sugestões a wsl pode dar aos surfistas?

“A nossa recomendação é primeiro que os atletas que são referências para muitas pessoas acabem conscientizando a importância das medidas impostas. Além disso, os atletas devem aproveitar esse período para aproveita a família e coisas que não conseguem aproveitar pelas viagens e tempo viajando para os eventos. Por fim, eles devem aproveitar para realizar os exercícios funcionais e se dedicar a uma boa alimentação para que em breve voltemos com as competições e todos estejam preparados”.

A WSL tem visto o Brasil como um dos mercados a serem mais bem trabalhados globalmente. Se puder contar como esta sendo seu trabalho nesse primeiro ano na WSL Latin America ?

“Eu vejo uma tremenda oportunidade com os atletas, parceiros de mídia e patrocinadores, para alavancar nossa posição como um dos esportes mais desejados e respeitados da região.

Nesse meu primeiro ano o Surf na região e especialmente no Brasil cresce a cada mês e sua influência vai muito além da competição e alta performance de um esporte profissional, o Surf é capaz de direcionar o estilo de vida das pessoas e nesse aspecto, através da colaboração com nossos atletas das diversas categorias, aumentar nossa audiência, alcance de novos públicos e frequência serão nossos principais objetivos, sempre de maneira inovadora e criativa através de novos formatos que surpreendam nossos fãs.

Além desses aspectos dos eventos temos também uma área ligada a sustentabilidade; conservação dos oceanos; o lifestyle ( música; fotografia; treinos funcionais)”.

O Brasil realiza uma etapa do Circuito Mundial em Saquarema (RJ). Como você vê a etapa sendo realizada em Saquarema?

“Estamos rezando para que o evento aconteça na data certa. Temos um plano B, mas desejamos que o evento acontece essa ano e que a situação melhore logo”.

A galera está curiosa pra saber se vai ter alguma loja da WSL no Brasil? Ou algum lugar como um museu?

Na América Latina o futebol está presente na vida das pessoas todos os dias e nesse aspecto temos muitas oportunidades de aumentar os pontos de contato com os fãs de Surf, seja através de eventos do Qualifying Series (QS) ou Championship Tour (CT) em que seguiremos trabalhando para incrementar a experiência do fã, iniciativas bem sucedidas como a WSL House, e-commerce, licenciamentos de marca ou através de conteúdos em nossas redes sociais, nosso site, App e também a colaboração com emissoras parceiras que continuarão nos ajudando a contar a nossa história de forma mais abrangente e evidenciando nossos propósitos.

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões