Vans World Cup define oitavas de final com cinco brazucas na briga do título

Um novo swell chegou no North Shore da Ilha de Oahu no domingo, bombando ondas de 10-12 pés para o retorno da Vans World Cup em Sunset Beach, com altos tubos e grandes paredes para as manobras das principais estrelas que estrearam na terceira fase, já disputando vagas para as oitavas de final. Um total de quinze sul-americanos competiu em dez das dezesseis baterias e seis avançaram, os brasileiros Jadson André, Jessé Mendes, Weslley Dantas, Alejo Muniz, João Chianca e o peruano Alonso Correa.

Destes, Jessé e Alonso são os únicos com chances matemáticas na briga pelas últimas vagas do WSL Qualifying Series para o CT 2020 e Jadson pode recuperar a primeira posição no ranking, porque o líder perdeu no domingo.

CHANCES DE G-10 – Carlos Muñoz é o 16.o do ranking e, para entrar no G-10, precisa passar pelas oitavas de final e, ainda, ficar no mínimo em terceiro na bateria das quartas de final. É a mesma situação para o australiano Ethan Ewing. O americano Nat Young e o australiano Stu Kennedy, tem que chegar nas semifinais. Mais dois australianos, Jack Robinson e Jacob Willcox, ultrapassam os três últimos do G-10 com a classificação para a grande final.

OITAVAS DE FINAL DO QS 10000 VANS WORLD CUP:

1. Conner Coffin (EUA), Ryan Callinan (AUS), Connor O´Leary (AUS), Ezekiel Lau (HAV)

2. Jessé Mendes (BRA), Matthew McGillivray (AFR), Morgan Cibilic (AUS), Nolan Rapoza (EUA)

3. Michel Bourez (TAH), Carlos Muñoz (CRI), Stu Kennedy (AUS), Jacob Willcox (AUS)

4. Kelly Slater (EUA), Jadson André (BRA), Gatien Delahaye (FRA), Cody Young (HAV)

5. Jack Robinson (AUS), Alonso Correa (PER), João Chianca (BRA), Soli Bailey (AUS)

6. Kolohe Andino (EUA), Wade Carmichael (AUS), Joan Duru (FRA), Alejo Muniz (BRA)

7. Kanoa Igarashi (JPN), Seth Moniz (HAV), Ethan Ewing (AUS), Beyrick De Vries (AFR)

8. Nat Young (EUA), Weslley Dantas (BRA), Ian Gentil (HAV), Billy Stairmand (NZL)

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões