Samuel Igo comanda o show de surf no primeiro dia do Oi Hang Loose Pro Contest

O Oi Hang Loose Pro Contest abriu o primeiro QS 6000 da temporada na terça-feira, com a Cacimba do Padre já bombando altas ondas no primeiro dia de Sol e muito calor em Fernando de Noronha. O paraibano Samuel Igo comandou o show, surfando o primeiro tubaço nota 10 neste retorno do evento mais tradicional do surfe brasileiro para a ilha após 7 anos. Ele já havia brilhado em outro tubo que valeu nota 9 para totalizar 19 pontos de 20 possíveis no quarto confronto do dia.

“Que momento especial que nem consigo acreditar, só agradecer a Deus mesmo pelo privilégio de voltar a essa ilha. Eu tenho uma conexão muito boa com esse lugar, muita gratidão e estou feliz demais em conseguir fazer esses dois high-scores (notas altas), feliz por estar conectado na onda. A prancha boa ajudou bastante também, mas o campeonato está só começando”, vibrou Samuel Igo.

O paraibano falou mais sobre o tubo que arrancou a primeira nota 10 unânime dos cinco juízes no Oi Hang Loose Pro Contest: “Eu estava muito atrás da onda e, quando remei nela, nem acreditei que seria tão boa, porque vi que ela ia secar muito lá na frente e eu estava muito atrás. Só que eu já tinha remado, então fui com tudo e quando dropei, a prancha projetou muito pra frente, mas vi que dava tempo de sair. As placas foram caindo e fiquei focado olhando no finalzinho do tubo, falando pra mim mesmo que ia dar certo, que ia dar certo e consegui sair amarradão. Foi demais e esse lugar é realmente incrível”.

Nessa mesma bateria em que Samuel Igo conseguiu a primeira nota máxima, a força das ondas da Cacimba do Padre também partiu a primeira prancha ao meio. Era do norte-americano Eithan Osborne, que mesmo assim se classificou em segundo lugar para a próxima fase, superando o havaiano Cole Alves e o brasileiro Daniel Ostrowski. Eithan ganhou a primeira etapa da temporada em Israel, mas já perdeu a liderança no ranking do WSL Qualifying Series para o australiano Jack Robinson, campeão do outro evento com o mesmo status QS 3000 em Pipeline, semanas atrás no Havaí.

DESTAQUE GRINGO

Entre os surfistas estrangeiros, o primeiro a se destacar no Oi Hang Loose Pro Contest foi o português Miguel Blanco. Duas baterias após os recordes de Samuel Igo, ele também completou um tubo quase perfeito que valeu a segunda maior nota da terça-feira, 9,07. Com ela, venceu fácil aos três brasileiros que enfrentou em sua estreia no QS 6000 de Fernando de Noronha, Lysandro Leandro, Wesley Leite e Luan Hanada.

“O mar está bem difícil agora com a maré muito seca, mas ainda existem alguns tubos perdidos. Eu tentei ficar ativo dentro d´água e foi uma boa bateria pra mim. Peguei uma direitinha no início, depois uma esquerda melhor no final que rodou aquele tubão e estou muito contente, pois foi uma boa maneira de começar o ano. Eu vim aqui pra Noronha uns cinco anos atrás numa surf trip e peguei um mar de gala aqui, então quando vi que o evento estava confirmado no calendário, não pensei duas vezes e estou feliz por ter começado bem o campeonato”, disse Miguel Blanco.

JEAN DA SILVA

Na terça-feira, enquanto as baterias rolavam no mar, foi realizada uma homenagem para o surfista catarinense Jean da Silva, que faleceu dois anos atrás. Ele já foi campeão nos tubos da Cacimba do Padre em 2006 e vice-campeão na última final disputada em Fernando de Noronha em 2012, vencida pelo paulista Miguel Pupo. O diretor da Hang Loose, Alfio Lagnado, se juntou ao grupo de pessoas na praia que levantava uma prancha que ele deixou na ilha, contendo a inscrição: “Jean da Silva Forever”.

A Oi, que está estreando o patrocínio naming rights no Hang Loose Pro Contest este ano, também participa da homenagem oferecendo um troféu “Jean da Silva” para o surfista que fizer a melhor apresentação em todo o evento, que prossegue até domingo em Fernando de Noronha. Por enquanto, quem está com as mãos nesta taça é o recordista absoluto do campeonato no primeiro dia, Samuel Igo, com nota 10 e 19,00 pontos de 20 possíveis.

 

Foto: Daniel Smorigo

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões