WSL confirma Slater e Florence com as vagas de lesionados para o CT em 2019

Nesta terça-feira, a WSL confirmou os dois atletas que estarão na elite na próxima temporada por convite após sofrerem com lesões em 2018. Os escolhidos foram o havaiano campeão de 2016 e 2017, John John Florence, e o lendário americano Kelly Slater, dono de 11 títulos.

Preterido em relação aos dois astros, o brasileiro Caio Ibelli questionou a WSL nas redes sociais: “Sinceramente, não concordo com a decisão. Kelly usou e abusou (…) Fora que esse é o 2° ano consecutivo que ele usa essa mesma vaga. Será justo?”, escreveu o Ibelli no Instagram.

O brasileiro Caio Ibelli sofreu fratura no pé ainda no início da temporada, durante a disputa em Margaret River, na Austrália. A lesão custou sete etapas para o brasileiro, que foi eliminado na segunda fase nas únicas quatro pernas que conseguiu participar no ano, terminando em 39º com 3.780 pontos. John John revelou lesão no joelho em julho, que o tirou da briga pelo tri. O havaiano não competiu nas últimas seis etapas da temporada e terminou o ano em 35º com 10.795 pontos.

Já Kelly Slater também ficou fora quase todo o ano ainda se recuperando de fratura em vários ossos do pé sofrida em julho de 2017. O veterano de 46 anos voltou a competir na África do Sul um ano depois da lesão, onde acabou eliminado na segunda fase. O americano também participou da etapa em sua piscina, em setembro (semifinalista), e fechou o ano em Pipe, onde também alcançou as semifinais, terminando a temporada em 30º com 15.110 pontos.

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões