Italo Ferreira fica com o título do MEO Rip Curl Pro Portugal

O brasileiro Italo Ferreira deu um verdadeiro show nas ondas de Super Tubos e ficou com o título do MEO Rip Curl Pro Portugal, penúltima etapa do CT em  2018. Na decisão, Italo não tomou conhecimento do francês Joan Duru, que chegou à decisão embalado por derrotar dois candidatos ao título mundial – o brasileiro Filipe Toledo, na terceira fase, e o australiano Julian Wilson, nas quartas de final.

O potiguar apostou nos aéreos de frontside para abrir boa vantagem com notas 7.43 e 8.50. Joan Duru tinha 7.00 pontos na melhor onda e passou a buscar 8.93. O tempo foi passando e o francês nada pôde fazer para impedir a conquista do brasileiro.

Com a vitória de Italo, o Brasil passa a computar oito triunfos em dez etapas disputadas no ano. Além do potiguar, que venceu três etapas, subiram ao topo do pódio Filipe Toledo (duas vezes), Gabriel Medina (duas) e Willian Cardoso (uma). O único estrangeiro que sentiu o gosto da vitória em 2018 até o momento foi o australiano Julian Wilson, campeão na Gold Coast (Austrália) e em Hossegor, França.

Cenários da disputa pelo título mundial no Havaí

Se chegar à final em Pipeline, Medina garante a taça sem depender dos adversários;

Se Medina perder na semi, Filipe Toledo e Julian Wilson precisam vencer a etapa;

Caso Medina perca nas quartas ou antes disso, Julian e Filipe precisam ser finalistas.


Baterias deste sábado

Quartas de final

1. Ítalo Ferreira (BRA) 16.10 x 5.20 Michel Bourez (PFR)
2. Matt Wilkinson (AUS) 11.03 x 16.16 Gabriel Medina (BRA)
3. Joan Duru (FRA) 11.57 x 5.10 Julian Wilson (AUS)
4. Owen Wright (AUS) 11.17 x 4.60 Kanoa Igarashi (JAP)

Semifinais
1. Ítalo Ferreira (BRA) 16.47 x 14.73 Gabriel Medina (BRA)
2. Joan Duru (FRA) 13.6o x 12.00 Owen Wright (AUS)

Final
1. Ítalo Ferreira (BRA) 15.93 x 10.77 Joan Duru (FRA)

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões