WSL anuncia decisão dos títulos mundiais de Longboard e Pro Junior no Taiwan

A World Surf League anuncia que pela primeira vez na história, os títulos mundiais das categorias Pro Junior e Longboard serão decididos em um mesmo evento e o palco das disputas será na Ilha Taiwan, nas ondas de Jinzun Harbor, em Taitung.

Foi lá onde a carioca Chloe Calmon foi vice-campeã mundial de longboard no ano passado e os títulos dos pranchões serão os primeiros a ser definidos no Taiwan Open of Surfing, na semana de 26 de novembro a 1º de dezembro.

Depois, até 9 de dezembro serão conhecidos o campeão e a campeã mundial da categoria Pro Junior, para surfistas com até 18 anos de idade.

Os concorrentes aos títulos são selecionados pelos sete escritórios regionais da World Surf League, para os surfistas de todos os continentes do mundo disputarem vagas. No Longboard, não terá nenhum evento da WSL South America esse ano e os sul-americanos participam por suas boas posições nos rankings mundiais passados.

No Pro Junior, terão duas seletivas e o time masculino da América do Sul já será conhecido neste fim de semana no Peru, no O´Neill Pro Junior Series apresentado pela Petroperu e Imaco nas ondas perfeitas de Lobitos, em Piura. O vencedor será consagrado campeão sul-americano Pro Junior de 2018 da WSL South America e os quatro melhores vão disputar o título mundial na Ilha Taiwan.

As meninas também competem no Peru, mas a campeã sul-americana e as duas classificadas para o Mundial da World Surf League só serão definidas uma semana depois, na estreia do São Chico ECO Festival de 5 a 7 de outubro em São Francisco do Sul, Santa Catarina. O evento promovido pela embaixadora do surf feminino na WSL South America, Marina Werneck, será só para as meninas competirem nas ondas da Prainha e também terá uma etapa do QS 1500 sendo realizada junto com a decisão do Pro Junior feminino.

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões