Jessé Mendes questiona: “Notas acabaram não sendo corretas”

O brasileiro Jessé Mendes usou suas redes sociais para lamentar a eliminação na terceira fase da etapa de Teahupoo do Circuito Mundial de surfe, na noite desta quinta-feira (manhã de sexta na Polinésia Francesa). Derrotado por apenas 10 décimos pelo australiano Wade Carmichael, o paulista do Guarujá acredita que as pontuações dadas pelos juízes na bateria não foram justas.

“Tahiti acabou cedo pra mim, mais uma vez tive uma bateria apertadíssima que acabou não caindo para o meu lado. Acredito que, em algum momento da bateria, as notas acabaram não sendo corretas, mas isso não passa de um ponto de vista meu (risos). Me desculpem se estiver errado”, escreveu Jessé em post no Instagram.

Atual 27º do ranking e precisando somar pontos para se manter na elite, Jessé chegou ao Round 3 após passar pelo havaiano Sebastian Zietz na repescagem. Diante de Carmichael, o brasileiro começou atrás do placar, mas conseguiu 4,77 e 4,63 na reta final da bateria para um somatório de 9,40. A pontuação, porém, não foi suficiente para ultrapassar o australiano, que venceu a bateria com 9,50 (4,00 e 5,50).

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões