Confiram as baterias e as vagas de wildcard em Margaret River

Kelly Slater segue fora do CT e não irá a Margaret River, na Austrália. Para a sua vaga, foi chamado o brasileiro Miguel Pupo, enquanto o australiano Mikey Wright recebeu o wildcard.

O próximo suplente na lista da WSL era substituir Slater seria o australiano Bede Durbidge, que já se aposentou em dezembro. Com isso, a vaga foi herdada por Miguel, próximo da lista. Já Mikey recebeu um wildcard por decisão da WSL, que optou por premiar o australiano pelo belo início de temporada no Qualifying Series e também pela boa participação na etapa de abertura na Gold Coast.

Lycra amarela

O Drug Aware Pro marcará ainda a primeira vez que o brasileiro Italo Ferreira vestirá a lycra amarela da WSL. Desta vez, em vez de optar pelo critério de desempate, a WSL dará a lycra para Italo e também para o australiano Julian Wilson, que está empatado  na liderança do ranking.

Baterias da primeira fase

1. Matt Wilkinson (AUS), Conner Coffin (EUA) e Michael February (AFR)
2. Jordy Smith (AFR), Connor O´Leary (AUS) e Keanu Asing (HAV)
3 Owen Wright (AUS), Tomas Hermes (BRA) e Ian Gouveia (BRA)
4. John John Florence (HAV), Caio Ibelli (BRA) e Miguel Pupo (BRA)
5. Gabriel Medina (BRA), Wade Carmichael (AUS) e Mikey Wright (AUS)
6. Julian Wilson (AUS), Joan Duru (FRA) e vencedor da triagem
7. Filipe Toledo (BRA), Kanoa Igarashi (JAP) e Yago Dora (BRA)
8. Adriano de Souza (BRA), Griffin Colapinto (EUA) e Willian Cardoso (BRA)
9. Adrian Buchan (AUS), Sebastian Zietz (HAV) e Miguel Rodrigues (BRA)
10. Italo Ferreira (BRA), Jeremy Flores (FRA) e Ezekiel Lau (HAV)
11. Kolohe Andino (EUA), Frederico Morais (POR) e Patrick Gudauskas (EUA)
12. Joel Parkinson (AUS), Michel Bourez (PLF) e Jessé Mendes (BRA)

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões