Finn McGill e Vahine Fierro faturam o Mundial Pro Jr. da WSL

Nesta quinta-feira, o havaiano Finn McGill e a taitiana Vahine Fierro conquistaram o título do Mundial Pro Junior 2017 em Bombo Beach, Kiama (AUS). Em ondas pouco maiores de meio metros e prejudicadas pelo vento, os brasileiros João Chianca e Tainá Hinckel também fizeram bonito e só foram barrados pelos campeões nas semifinais, terminando a disputa em terceiro.

Na decisão da categoria masculino, McGill deu poucas chances ao japonês Joh Azuchi, vencendo pelo placar de 16.90 a 11.00.

“Mal consigo acreditar. Depois de voltar de uma lesão no tornozelo não estava esperando um resultado muito bom aqui”, comenta Finn. “Não estava me sentindo no ritmo até as quartas-de-final, quando parece que as coisas começaram a se encaixar”, relata o havaiano de 18 anos.

Na decisão do feminino Vahine Fierro venceu a havaiana Summer Macedo com certa tranquilidade, pelo placar de 13.83 a 6.36, com notas 7.50 e 5.33 contra 3.43 e 2.93 de Macedo.

“É incrível terminar minha carreira Júnior com o título mundial. É a primeira vez que participo desta competição e vencê-la é muito especial, especialmente porque quase fiquei de fora da disputa. Hoje foi um dia louco, uma maratona de baterias, mas excitante após alguns dias de lay day. Foi minha terceira final contra a Summer, o que é muito legal, pois somos grandes amigas. Estou sem palavras”, diz Fierro, que foi wildcard do evento.


 

Mundial Pro Junior 2017

Masculino

1. Finn McGill (HAV)
2. Joh Azuchi (JAP)
3. Yuji Nishi (JAP)
3. João Chianca (BRA)
5. Rio Waida (IND)
5. Cody Young (HAV)
5. Barron Mamiya (HAV)
5. Samuel Pupo (BRA)

Feminino

1. Vahine Fierro (TAI)
2. Summer Macedo (HAV)
3. Tainá Hinckel (BRA)
3. Minori Kawai (JAP)
5. Kirra Pinkerton (EUA)
5. Macy Callaghan (AUS)
5. Zahli Kelly (AUS)
5. Zoe McDougall (HAV)

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões