Tops do CT dominam o segundo dia do QS 3000 em Maresias (SP)

Nesta sexta-feira tivemos as estreias dos astros do CT. O local Gabriel Medina cruzou a areia da praia de Maresias cercado por fãs, munidos de câmeras e celulares nas mãos. Em sua estreia pelo terceiro round, ele não decepcionou o público presente. Mesmo com o mar com ondas curtas, Medina explorou bem as oportunidades que teve e chegou a tirar a maior nota da competição até aqui: 9,80. O aéreo, que rendeu essa nota, foi muito aplaudido pelo público. A somatória do atleta foi de 17.40 (9.80 + 7.60).

Quem também está, literalmente, em casa, é Miguel Pupo. De ponta a ponta, ele dominou a bateria 13. Aplicou belos aéreos e somou 13.33 para avançar em primeiro lugar, recebendo os aplausos do público. Neste embate, também se classificou Geovane Ferreira, que somou 10.30.

Para fechar a terceira fase, outro campeão mundial caiu na água. Apesar do mar apresentar condições ruins, Mineirinho conseguiu driblar. Ele avançou em primeiro lugar na bateria 16 com somatório de 13.83. Distância de mais de cinco pontos para o segundo colocado, Thiago Guimarães, que avançou com 8.50.

Outros brasileiros que estão na elite também competiram nesta sexta. Italo Ferreira foi o primeiro colocado da 1ª bateria. Ian Gouveia avançou em segundo na bateria 4. Wiggolly Dantas também avançou em primeiro em sua bateria, somando 10.60.

QUARTO ROUND

No fim da tarde desta sexta-feira, Medina voltou para o mar e ficou na segunda colocação da quarta bateria do quarto round, com somatória 11.33 (5.33 + 6.00), e passou para a quinta fase. Na 4ª bateria do quarto round, Medina teve como adversários Deivid Silva, Weslley Dantas e João Chianca.

Na primeira onda, Deivid tirou nota 9.00 e assumiu a liderança. Medina tentou responder, mas ficou com a nota 4.83. Na terceira onda, Deivid anotou 5.43 e se isolou ainda mais na primeira colocação. Com ondas 5.33 e 6.00, Medina se manteve na segunda colocação e avançou com somatória 11.33. Devid passou no topo da bateria, com 14.43. Weslley Dantas ficou em terceiro com 8.37 (3.87 + 4.50). João Chianca foi o quarto com 6.84 (4.57 + 2.27).


3ª FASE

  • Italo Ferreira (BRA) 14.37 x Marcos Correa (BRA) 9.63 x Yage Araujo (BRA) 10.20 x Kei Kobayashi (USA) 10.20
  • Alejo Muniz (BRA) 11.27 x Victor Bernardo (BRA) 6.33 x Douglas Silva (Bra) 11.34 x Roberto Araki (CHL) 7.27
  • Michael Rodrigues (BRA) 10.90 x Hizunomê Bettero (BRA) 13.50 x Robson Santos (BRA) 7.90 x Tamae Bettero (BRA) 4.53
  • Ian Gouveia (BRA) 9.43 x Lucca Mesinas Novaro (PER) 8.86 x Cateano Vargas (BRA) 10.73 x Kim Matheus Marcondes (BRA) 7.10
  • Jessé Mendes (BRA) 11.96 x Luel Felipe (BRA) 9.20 x João Chianca (BRA) 10.46 x Renato Galvão (BRA) 9.20
  • 6ª Yago Dora (BRA) 6.67 x Krystian Kymerson (BRA) 11.10 x Weslley Dantas (BRA) 11.97 x Jihad Khodr (BRA) 15.17
  • Deivid Silva (BRA) 13.90 x Bino Lopes (BRA) 11.37 x Vitor Mendes (BRA) 11.77 x Wesley Leite (BRA) 9.86
  • Gabriel Medina (BRA) 17.40 x Icaro Ronchi (BRA) 7.90 x Leonardo Barcellos (BRA) 9.20 x Luciano Brulher (BRA) 8.20
  • Wiggolly Dantas (BRA) 10.63 x Felipe Oliveira (BRA) 10.24 x Facundo Arreyes (ARG) 8.03 x Gabriel Farias (BRA) 5.37
  • 10ª Flavio Nakagima (BRA) 10.73 x Thiago Camarão (BRA) 13.37 x Alan Donato (BRA) 9.17 x Gustavo Ramos (BRA) 6.06
  • 11ª Jadson André (BRA) 12.80 x Mateus Herdy (BRA) 12.50 x Alex Lima (BRA) 8.20 x Yuri Gonçalves (BRA) 10.04
  • 12ª Willian Cardoso (BRA) 11.56 x Marco Fernandez (BRA) 9.46 x Wesley Santos (BRA) 6.47 x Jean da Silva (BRA) 11.53
  • 13ª Miguel Pupo (BRA) 13.33 x Raoni Monteiro (BRA) 5.23 x Geovane Ferreira (BRA) 10.30 x Igor Moraes (BRA) 9.20
  • 14ª Tomas Hermes (BRA) 10.50 x Rafael Teixeira (BRA) 6.77 x Deyvyson Santos (BRA) 6.83 x Nicolas Vargas (CHL) 5.90
  • 15ª Alex Ribeiro (BRA) 10.17 x Peterson Crisanto (BRA) 8.30 x Gabriel André (BRA) 7.44 x Amando Lins (BRA) 7.87
  • 16ª Adriano de Souza (BRA) 13.83 x Thiago Guimarães (BRA) 8.07 x Samuel Igo (BRA) 6.47 x Alonso Correa (PER) 5.03

4ª Fase

  • Italo Ferreira (BRA) – 11.33 x Douglas Silva (BRA) – 8.30 x Michael Rodrigues (BRA) – 15.30 x Ian Gouveia (BRA) – 10.93
  • Kei Kobayashi (USA) – 13.93 x Alejo Muniz (BRA) – 9.04 x Hizunome Bettero (BRA) – 8.20 x Caetano Vargas (BRA) – 11.43
  • Jesse Mendes (BRA) – 10.67 x Jihad Khord (BRA) -12.13 x Vitor Mendes (BRA) – 7.90 x Leonardo Barcelos (BRA) – 4.26
  • 4ª João Chianca (BRA) – 6.84 x Weslley Dantas (BRA) – 8.37 x Deivid Silva (BRA) – 14.43 x Gabriel Medina (BRA) – 11.33
  • 5ª Wiggolly Dantas (BRA) x Thiago Camarão (BRA) x Mateus Herdy (BRA) x Jean Da Silva (BRA)
  • 6ª Felipe Oliveira (BRA) x Flavio Nakagima (BRA) x Jadson Andre (BRA) x Willian Cardoso (BRA)
  • 7ª Miguel Pupo (BRA) x Tomas Hermes (BRA) x Peterson Crisanto (BRA) x Thiago Guimarães (BRA)
  • 8ª Geovane Ferreira (BRA) x Deyvson Santos (BRA) x Alex Ribeiro (BRA) x Adriano de Souza (BRA)

 

 

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões