Destaques do Brasileiro Feminino de Surf 2017

Neste último final de semana tivemos o campeonato Wizard Brasileiro Feminino de Surf na praia de Itamambuca (SP). As meninas deram um show de surf e mostram que nosso país estará bem representado num futuro próximo no cenário internacional.

Confiram dois destaques que chamaram atenção no evento:

Categoria Sub-10

  • Gabriely Vasque

Gabriely, de apenas 10 anos, mostrou seu talento e venceu todas as suas baterias no evento com médias de 10,8. Na final com um surf sólido ela venceu a também local de Matinhos (PR) Luara Mandelli por um placar apertado. Fiquem de olho na Gabi!!!!

  • Luara Mandelli

Luara, de 9 anos, é uma das revelações do surfe feminino no Sul do país. Local de Matinhos (PR) ela ficou com a segunda colocação e mostrou que é uma das promessas nacionais para ficarmos de olho.

A pequena surfista começou a pegar onda há seis anos com seus pais, Thiara Mandelli, longboarder profissional, e Luciano do Rosário, instrutor de surf. Desde o ano passado ela vem se dedicando ao esporte e já ganhou alguns troféus no Paraná e em Santa Catarina.

Categoria Sub-12

  • Sophia Medina 

456324_630x420

Ser irmã do campeão mundial Gabriel Medina não deve ser fácil. Entretanto, Sophia vem demonstrando uma evolução absurda. Com um surf cheio de estilo e rasgadas fortes ela ficou em terceiro lugar numa bateria polêmica na sub-14 e voltou com tudo para conquistar o titulo da categoria até 12 anos.

  • Pamella Mel

Apesar de nenhum título no evento, Pamella Mel segue mostrando um surf de qualidade. A surfista de 11 anos de idade, que reside atualmente em Maresias – São Sebastião, conquistou o pódio em duas categorias (sub-12 e 14).

Categoria Sub-14

  • Nairê Marquez

Surfando em casa e uma das apostas do Instituto Gabriel Medina, Nairê confirmou as expectativas e chegou ao título da categoria e venceu a primeira batalha contra Sophia e Pamella. Na segunda final (sub-12) ela acabou ficando atrás das adversárias!!!

  • Yasmim Dias

A gaúcha Yasmim Dias segue sendo umas das promessas do surf feminino brasileiro. A derrota na semifinal da categoria foi apenas um acidente na carreira da jovem surfista. Ela ficou em terceiro numa das baterias mais disputadas da competição!!!

Categoria Sub-16

  • Maju Freitas

456306_630x420

A surfista, que começou a competir no final de 2015, vem evoluindo e já é considerada uma revelação no esporte, ocupando colocações expressivas em competições cariocas e também brasileiras. Ela confirmou as expectativas e ficou nas quartas de finas do profissional e conquistou o título da sua categoria!!!

  • Rafaela Coelho

A catarinense Rafaela Coelho foi um dos fortes nomes do evento.  Ela chegou a duas semifinais (sub-16 e 18) e chegou a final da sub-14. Nos próximos anos devemos ver Rafa conquistando diversos títulos no cenário nacional e internacional júnior!!!

Categoria Sub-18

  • Julia Camargo

BrasileiroFeminino2017 foto Jorge Porto (67)

A carioca Julia Camargo mostrou ser um dos destaques do evento. Ela só não foi pra final da categoria sub-16, pois encarou uma bateria sem ondas na semifinal. Na sub-18 mostrou seu talento e terminou com a excelente terceira colocação!!

  • Louisie Frumento

A nova campeã brasileira da categoria, Louise mostrou que em breve deve estar em destaque no cenário nacional do surf profissional. Com um desempenho regular durante todo o evento ela mereceu o titulo!!!!

Categoria: Longboard

  • Thiara Mandelli 

A pentacampeã paranaense, tricampeã catarinense e vice-campeã sul-americana de longboard (2015), Thiara voltou a conquistar um titulo de expressão. Com seu surf cheio de estilo e carisma vez uma campanha sólida durante todo evento e dominou a final com boas notas para se sagrar campeã brasileira.

  • Jasmim Avelino

A carioca Jasmim surpreendeu a todos durante o evento e conquistou um importantíssimo segundo lugar no Brasileiro. Ela derrotou duas vezes a tricampeã brasileira Maina Thompson durante o evento!!!

Categoria: Profissional

  • Camila Cassia

A local contou com toda a torcida para conquistar uma excelente segunda colocação. Surfando no pico onde treina todo dia, Camila se destacou durante todo o evento com notas excelente, inclusiva a maior do evento (9 pontos). Na grande final, ela somou 8 pontos e ficou faltando um backup para conquistar titulo. Fiquem de olho nos próximos eventos do QS onde Camila estará em ação!!!

  • Luana Coutinho

BrasileiroFeminino2017 foto Jorge Porto (2)

Também de Ubatuba (SP), Luana já tem seu nome no cenário nacional. Disputou a etapa do CT no Brasil como convidada perdendo no round 2 na Barra da Tijuca (RJ). Apesar de competir todos os rounds, ela manteve excelentes medias durante todo o evento e mereceu ser a nova campeã brasileira!!!

Por: João Otávio Vieira

 

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões