Título paulista de surf profissional tem decisão nos dias 7 e 8 de outubro em Maresias

O mais tradicional título do surf brasileiro terá um novo dono. Nos dias 7 e 8 de outubro, a Praia de Maresias, em São Sebastião, recebe a 3ª e decisiva etapa do Maresia Paulista de Surf Profissional. A competição distribuirá R$ 30 mil em premiação, sendo R$ 8 mil ao vencedor, junto de 3 mil pontos no ranking Abrasp, que podem ser decisivos também para o título brasileiro da temporada. Mas o ponto principal do evento será a definição do campeão paulista 2017.

Nomes conhecidos da história do surf brasileiro figuram na galeria dos melhores do estado. Desde de Almir Salazar, o único tetracampeão até hoje (feito conquistado na década de 80), seu irmão Picuruta Salazar, Amaro Matos, Jojó de Olivença, Tinguinha Lima, Renan Rocha e Jair de Oliveira, tricampeão, também Tadeu Pereira, Renato Galvão, Matheus Toledo, Hizunomê Bettero até, mais recentemente, Wiggolly Dantas, Thiago Camarão e Peterson Crisanto.

 

RANKING APÓS 2 ETAPAS:

1 Weslley Dantas (Ubatuba) – 1.730

2 Geovani Ferreira (Ubatuba) – 1.470

3 Wesley Leite (Ubatuba) – 1.310

4 Tales Araújo (Ubatuba) – 1.130

5 Leandro Bastos (RJ) – 1.110

6 Luciano Brulher (Caraguatatuba) – 1.010

7 Edgard Groggia (Guarujá) – 1.005

8 Emerson Santos (Ubatuba) – 1.000

8 Thiago Camarão (São Sebastião) – 1.000

10 José Francisco (PB) – 955

11 Thiago Guimarães (Peruíbe) – 875

12 Glauciano Rodrigues (CE) – 860

12 Lucas Santos (Ubatuba) – 860

14 Nathan Kawani (Guarujá) – 820

15 Victor Valentim (PR) – 810

16 Igor Moraes (São Sebastião) – 800

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões