Bodyborder surge na linha de rival de Jadson, que protesta em J-Bay

O brasileiro Jadson André entrou no mar para a repescagem em Jeffreys Bay, na África do Sul, nesta segunda-feira. O potiguar leu as ondas melhor que o americano Kolohe Andino e, com uma variedade de manobras e um belo tubo no fim, não deu chances ao adversário. Após o encerramento da disputa, contudo, o estrangeiro fez um protesto formal aos diretores de prova e pediu o recomeço da bateria, alegando interferência externa de um bodyboarder em um tubo no final da performance (assista ao vídeo). Entretanto, ele não teve o apelo atendido pela WSL, que manteve o triunfo e a classificação do brasuca para o terceiro round.

O brasileiro Jadson André teve o somatório total de 15.80, com 7.83 e 7.97 como melhores ondas. Enquanto isso, Kolohe Andino ficou com 13.20, com 6.17 e 7.03.

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões