Mineirinho incorpora a disciplina militar de olho no bi mundial

Dedicação, disciplina e seriedade. É com esses três pilares que Adriano de Souza conduz a vitoriosa carreira no surfe. A inspiração vem da vida militar, em especial da profissão do irmão mais velho, Ângelo, que serviu ao Exército por oito anos e hoje atua na área de combate a crimes ambientais no Guarujá (SP).

Em entrevista ao SporTV.com durante a etapa de Fiji, Mineirinho revelou que também seria um militar caso não tivesse virado atleta.

“Gosto da disciplina, da dedicação e da seriedade da vida militar. Por ter sido criado também pelo meu irmão, que é militar e minha maior inspiração, eu absorvi muito disso, de ter esse comprometimento com a profissão. Tiro todos esses conceitos que disse para a minha carreira. No esporte de alto nível esses três quesitos contam muito, pois é muita pressão e muitos desafios que enfrentamos”, afirmou.

Apesar da frustrante derrota na terceira fase da etapa de Fiji, Adriano de Souza está motivado para Jefrreys Bay.

“Fiz a preparação nas Maldivas com o vencedor do meu campeonato virtual, pegamos altas ondas. Vim para a África do Sul contente e pronto para me recuperar e melhorar a terceira posição no ranking. A expectativa para J-Bay é a melhor possível e estou me sentindo ótimo”, finalizou.

Com 26.150 pontos no ranking, Adriano pode assumir a liderança do Circuito Mundial ao fim da etapa de Jeffreys Bay. Para isso, o brasileiro precisa terminar a competição à frente dos três primeiros colocados, que são o australiano Matt Wilkinson, o havaiano John John Florence e o sul-africano Jordy Smith.

Confira as baterias da primeira fase:

  1.  Joel Parkison (AUS) x Wiggolly Dantas (BRA) x Miguel Pupo (BRA)
  2. Owen Wright (AUS) x Bede Durbidge (AUS) x Josh Kerr (AUS)
  3. Adriano de Souza (BRA) x Frederico Morais (PRT) x Jadson Andre (BRA)
  4. Matt Wilkinson (AUS) x Jeremy Flores (FRA) x Ethan Ewing (AUS)
  5. Jordy Smith (AFS) x Conner Coffin (EUA) x a definir
  6. John John Florence (HAV) x Ian Gouveia (BRA) x a definir
  7. Kolohe Andino (EUA) x Italo Ferreira (BRA) x Leonardo Fioravanti (ITA)
  8. Julian Wilson (AUS) x Kelly Slater (EUA) x Kanoa Igarashi (EUA)
  9. Connor O’Leary (AUS) x Adrian Buchan (AUS) x Jack Freestone (AUS)
  10. Gabriel Medina (BRA) x Caio Ibelli (BRA) x Stuart Kennedy (AUS)
  11. Sebastian Zietz (HAV) x Mick Fanning (AUS) x Joan Duru (FRA)
  12. Michel Bourez (TAH) x Filipe Toledo (BRA) x Ezekiel Lau (HAV)

 

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões