Kanoa Igarashi vence histórico Hang Loose Pro Contest 30 Anos

O norte-americano Kanoa Igarashi, 19 anos, sagrou-se campeão do histórico Hang Loose Pro Contest 30 Anos na Praia da Joaquina, em Florianópolis. Na grande final, ele derrotou o potiguar Jadson André, 26 anos, por 15,84 a 13,37 pontos e faturar o prêmio máximo de 25.000 dólares. A vitória no QS 6000 de Santa Catarina garantiu a permanência de Kanoa Igarashi na elite da World Surf League para o ano que vem e a liderança isolada no ranking do WSL Qualifying Series.

“É uma sensação incrível ganhar de novo aqui no Brasil e foi muito parecido com o ano passado, quando eu precisava de um bom resultado para me classificar para o CT”, disse Kanoa Igarashi, que ocupava um perigoso oitavo lugar na lista dos dez indicados pelo WSL Qualifying Series para a elite dos top-34 do CT. “Agora eu posso ir para o Havaí sem pressão por resultados lá. Eu gosto muito das ondas daqui, das pessoas, da comida e eu falo português, então isso ajuda também. Eu e o Griffin (Colapinto) somos bem amigos, ficamos no mesmo quarto aqui e ele me carregou nos ombros pela praia. Foi muito legal e eu faria a mesma coisa se ele tivesse vencido o campeonato”, afirmou.

Esta foi a segunda vez que Kanoa Igarashi confirma sua vaga no CT no Brasil. No ano passado, ele entrou na elite dos top-34 da World Surf League com a vitória conquistada no QS 6000 da Bahia, em Itacaré.


HANG LOOSE PRO CONTEST 30 ANOS – RESULTADOS DO DOMINGO:
Campeão: Kanoa Igarashi (EUA) por 15,84 pontos (8,17+7,67) – US$ 25.000 e 6.000 pontos
Vice-campeão: Jadson André (BRA) com 13,37 (notas 6,87+6,50) – US$ 12.000 e 4.500 pontos

SEMIFINAIS 
1.a: Kanoa Igarashi (EUA) 14.84 x 11.50 Griffin Colapinto (EUA)
2.a: Jadson André (BRA) 12.83 x 11.17 Deivid Silva (BRA)

G-10 DO WSL QUALIFYING SERIES –
1.o: Kanoa Igarashi (EUA) – 21.750 pontos
2.o: Leonardo Fioravanti (ITA) – 20.750
3.o: Connor O´Leary (AUS) – 19.775
4.o: Joan Duru (FRA) – 18.900
5.o: Ethan Ewing (AUS) – 18.750
6.o: Ian Gouveia (BRA) – 18.410
7.o: Bino Lopes (BRA) – 17.550
8.o: Jeremy Flores (FRA) – 17.150
9.o: Ryan Callinan (AUS) – 15.950
10.o: Jessé Mendes (BRA) – 14.860
———–sul-americanos até 100.o lugar:
11: Deivid Silva (BRA) – 14.680 pontos
12: Tomas Hermes (BRA) – 14.550
18: Michael Rodrigues (BRA) – 10.850
21: Filipe Toledo (BRA) – 10.000
22: Jadson André (BRA) – 9.900
30: Yago Dora (BRA) – 8.840
32: Santiago Muniz (ARG) – 8.675
33: Krystian Kymerson (BRA) – 8.510
34: Hizunomê Bettero (BRA) – 8.450
37: Adriano de Souza (BRA) – 8.050
45: Victor Bernardo (BRA) – 6.900
50: Willian Cardoso (BRA) – 6.350
55: Heitor Alves (BRA) – 6.000
57: Lucas Silveira (BRA) – 5.895
58: Marco Giorgi (URU) – 5.760
68: Marco Fernandez (BRA) – 5.175
69: David do Carmo (BRA) – 5.080
78: Miguel Pupo (BRA) – 4.480
81: Samuel Pupo (BRA) – 4.420
84: Luel Felipe (BRA) – 4.350
93: Thiago Camarão (BRA) – 4.000
96: Messias Felix (BRA) – 3.880
98: Robson Santos (BRA) – 3.830
101: Italo Ferreira (BRA) – 3.700

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões